Home > Banco de Questões > Sociologia e Filosofia > Temática >

Ética

Lista de 10 exercícios de Filosofia com gabarito sobre o tema Ética com questões de Vestibulares.





01. (UECE) Atente para o seguinte enunciado: “A ética é um conjunto de princípios e disposições voltados para a ação, historicamente produzidos, cujo objetivo é balizar as ações humanas. A ética existe como uma referência para os seres humanos em sociedade, de modo tal que a sociedade possa se tornar cada vez mais humana”.

Fonte: https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/adm inistracao/etica-cidadania-e-moral/27500

Considerando referências éticas, assinale a afirmação verdadeira.

  1. O tipo de desenvolvimento econômico vigente no Brasil tem gerado, estrutural e sistematicamente, situações práticas que favorecem a afirmação dos princípios éticos.
  2. Ética não tem relação com situações de injustiça, de desigualdade, de indignidade e de discriminação, de onde se conclui que a quebra da ética não afeta as populações socialmente vulneráveis.
  3. A falta de ética gera desigualdades crescentes e injustiças, rompe laços de solidariedade, reduz ou extingue direito, lança populações inteiras a condições de vida cada vez mais indignas.
  4. A atitude ética está relacionada ao comportamento individual pautado nas tradições morais que devem ser respeitadas, mesmo que neguem o direito à pluralidade e à diversidade da condição humana.

02. (UNICENTRO) Com relação à ética aplicada, é correto afirmar:

  1. Seu campo de atuação exclui a discussão sobre os problemas práticos.
  2. A justificativa racional na discussão das questões práticas não é importante.
  3. Bioética, ética ambiental ou ecoética, não são temas importantes para a ética aplicada.
  4. A abrangência de suas reflexões se esgota quando se debate sobre o meio ambiente.
  5. É um dos ramos da Filosofia Contemporânea e uma de suas principais características é o diálogo multidisciplinar.

03. (UNICENTRO) Leia o texto a seguir.

A ética como parte da Filosofia e como reflexão sobre as questões morais pretende desdobrar conceitos e argumentos que permitam compreender a dimensão moral da pessoa humana.

(Adaptado de: CORTINA, A.; MARTÍNEZ, E. Ética. Trad. Silvana C. Leite. São Paulo: Loyola, 2005. p.9.)

Com base no texto e nos conhecimentos sobre ética, assinale a alternativa correta.

  1. A ética é um tipo de saber que diz respeito à reflexão sobre as diferentes morais e as diferentes maneiras de justificar racionalmente a vida moral.
  2. A ética é um saber descritivo que se ocupa em averiguar o que acontece de fato no mundo, quais são as causas objetivas e o que são tais acontecimentos.
  3. A Filosofia Moral limita-se a analisar os componentes psicológicos, sociológicos e econômicos da ação humana nos casos concretos em que a moral é solicitada.
  4. A tarefa do saber ético consiste em prescrever ações seguras e concretas que os seres humanos devem adotar para conduzir diariamente suas vidas.
  5. Compete aos especialistas em ética ditar, frente à diversidade de doutrinas, os juízos morais, as regras definitivas, corretas e válidas para todos.

04. (CESMAC) Os verdadeiros valores éticos, independentemente de quaisquer sistemas em que se integrem, são aqueles que:

  1. cada homem percebe na própria consciência como sendo perenes e universais, e pautados pela reta razão, em qualquer espaço e tempo.
  2. o homem apreende racionalmente como sendo os únicos que lhe permitirão realizar-se integralmente na sua condição de ser social e sociável.
  3. cada homem percebe dentro de si como sendo instrumentos perenes que o conduzirão à plenitude de sua realização espiritual e psíquica.
  4. o homem reconhece como sinais transcendentais de que seu destino mais profundo se situa para além do mundo material em que está inserido.
  5. o homem, enquanto racional, capta, na sua reta razão, como sendo o único caminho para atingir sua realização científica e cultural.

05. (UNICENTRO) Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a questão central da ética.

  1. O que a coisa é?
  2. O que acontece?
  3. O que existe?
  4. Por que pensamos?
  5. Por que se deve fazer?

06. (UECE) Leia com atenção a seguinte passagem:

“Diz-se livre a coisa que existe exclusivamente pela necessidade de sua natureza e que por si só é determinada a agir. E diz-se necessária, ou melhor, coagida, aquela coisa que é determinada por outra a existir e a operar de maneira definida e determinada”.

SPINOZA, Benedictus de. Ética. Tradução e Notas de Tomaz Tadeu. Belo Horizonte: Autêntica, 2007, parte I, definição 7, p. 13. – Texto adaptado.

Sobre a questão da liberdade divina e humana em Spinoza, considere as seguintes afirmações:

I. Somente Deus é livre.

II. A liberdade de Deus consiste em determinar-se por si só a operar.

III. O homem é coagido, pois é determinado por outra coisa a operar de maneira definida e determinada.

É correto o que se afirma em

  1. I, II e III.
  2. II e III apenas.
  3. I e II apenas.
  4. I e III apenas.

07. (UEA) A ética é um ramo da filosofia, que reflete sobre

  1. aquilo que é.
  2. as possibilidades do conhecimento.
  3. a beleza artística.
  4. as causas primeiras das coisas.
  5. os princípios da conduta humana.

08. (PUC-PR) Considere as informações a seguir.

Ao abordar o problema da técnica moderna no livro Técnica, Medicina e Ética, o filósofo Hans Jonas afirma que o progresso deve ser analisado criticamente, pois: “Os meios com os quais promete eliminar a miséria do Terceiro Mundo e acrescentar o bem-estar material a toda a humanidade, em crescimento graças a ele – os meios da técnica agressiva –, ameaçam, precisamente com os seus êxitos a curto prazo, a conduzir uma devastação ambiental talvez irremediável a longo prazo. É mais a eficácia demasiado grande do que a demasiado pequena dos recursos aquilo a que temos de temer; nosso poder mais que nossa impotência”. Hans Jonas demonstra ser necessária a proposição de uma nova ética para o futuro, sendo que essa ética tem de considerar a evolução da técnica e a noção de progresso sugerida pela ciência. Com base no texto apontado e de acordo com os seus conhecimentos sobre o tema, assinale a alternativa que melhor expressa a visão ética proposta por Hans Jonas.

  1. Para Hans Jonas, a ética não deve ter nenhuma relação com a técnica e a ciência moderna, devendo ser voltada unicamente para as ações humanas no campo político e social.
  2. O desenvolvimento da técnica e da ciência moderna produziu um progresso que deve alcançar todos os seres humanos, sendo que a ética não deve servir para frear ou diminuir os avanços das descobertas científicas, permitindo, dessa forma, que a própria ciência apresente os limites de sua ação.
  3. A ética deve posicionar-se criticamente frente à técnica moderna, considerando os limites de destruição que a ciência pode produzir em escala global e fornecendo, com isso, os parâmetros de ação da própria técnica, buscando, assim, frear os avanços e progressos da ciência quando esta apresentar perigos para a continuidade da vida.
  4. A concepção de Hans Jonas afirma que a ética deve impedir o avanço completo da técnica e da ciência moderna, pois o único interesse da ética é a preservação do meio ambiente, não havendo possibilidade de se realizar um diálogo entre a dimensão ética e a dimensão da técnica.
  5. A ética da responsabilidade de Hans Jonas propõe que a técnica moderna não é capaz de conhecer, por si mesma, nenhum limite e por essa razão deve ser freada em sua realização para não prejudicar a continuidade da vida, não podendo haver nenhuma forma de relação entre a ética e a ciência moderna.

09. (UEA) Se estes assuntos, assim como a virtude e também a amizade e o prazer, foram suficientemente discutidos em linhas gerais, devemos dar por terminado nosso programa? [...] No tocante à virtude, pois, não basta saber, devemos tentar possuí-la e usá-la ou experimentar qualquer outro meio que se nos antepare de nos tornarmos bons.

(Aristóteles. Ética a Nicômaco, 1973.)

Aristóteles argumenta que a ética

  1. deve vincular conhecimento e atividade humana.
  2. está, como disciplina filosófica, afastada do conhecimento.
  3. é um setor de menor importância na reflexão filosófica.
  4. prega o comportamento honesto aos indivíduos pobres.
  5. orienta os cidadãos gregos na administração da pólis.

10. (UENP) Leia o texto a seguir.

A honestidade consiste em descobrir a verdade pela argúcia do espírito ou em manter a sociedade humana, dando a cada um o que é seu e observando fielmente os costumes; encontra-se ainda ou na nobreza e na força de uma alma indômita e inquebrantável ou nessa ordem e medida perfeita das palavras e ações, resultando daí a moderação e o comedimento.

(CÍCERO. M. T. Dos deveres, I, 5.)

Com base no texto e nos conhecimentos acerca da ética de Marco Túlio Cícero, assinale a alternativa correta.

  1. A busca da verdade como primeiro elemento da virtude como honestidade deve tomar como conhecidas as coisas desconhecidas.
  2. A busca da verdade, o senso de justiça, a força de caráter e a moderação das paixões são os quatro elementos que constituem a virtude como honestidade.
  3. A força do caráter nasce de duas paixões, o medo e a ambição; por sua vez, essas paixões promovem o fundamento da justiça.
  4. Para Cícero, a honestidade e a utilidade são incompatíveis, havendo oposição entre a utilidade e a moralidade na ação reta.
  5. Usurpar os bens públicos transformando-os em bens privados confirma a afirmação de Cícero de que se deve dar a cada um o que é seu.