Home > Banco de Questões > Linguagens > Gramática >

Crase

Lista de 10 exercícios de Língua Portuguesa com gabarito sobre o tema Crase com questões de Vestibulares.

Confira as videoaulas, teoria e questões sobre: Acentuação Gráfica.





01. (Cesgranrio-RJ) Assinale a frase em que à ou às está mal empregado.

  1. Amores à vista.
  2. Referi-me às sem-razões do amor.
  3. Desobedeci às limitações sentimentais.
  4. Estava meu coração à mercê das paixões.
  5. Submeteram o amor à provações difíceis.

02. (UFPR) Em qual alternativa o vocábulo a deve receber acento grave?

  1. Pintou o quadro a óleo.
  2. Fomos a uma aldeia.
  3. Dirigiram-se a Vossa Excelência.
  4. Voltou a casa paterna.
  5. Começou a chover.

03. (FEI - 1995) Assinalar a alternativa que preenche corretamente as lacunas das seguintes orações:

I. Precisa falar ___ cerca de três mil operários.
II. Daqui ___ alguns anos tudo estará mudado.
III. ___ dias está desaparecido.
IV. Vindos de locais distantes, todos chegaram ___ tempo ___ reunião.

  1. a - a - há - a - à
  2. à - a - a - há - a
  3. a - à - a - a - há
  4. há - a - à - a - a
  5. a - há - a - à – a.

04. (Unicenp-PR) Qual a alternativa que aponta a frase incorreta quanto ao acento indicativo da crase?

  1. Uma mulher deu à luz sobre uma pia enquanto o dinheiro do SUS (Sistema Único de Saúde) é desviado para comprar chope e salgadinhos.
  2. Esse expediente levou à lastimável aprovação do IPMF.
  3. À absoluta ineficiência do sistema de arrecadação, soma-se a má aplicação dos recursos públicos.
  4. Na década de 70, a imagem externa do Brasil era frequentemente associada às denúncias de tortura.
  5. A questão social continua prioritária demais para ser relegada à segundo plano.

05. (FASP) Assinale a alternativa com erro de crase:

  1. nenhuma das alternativas está errada.
  2. Você já esteve em Roma? Eu irei à Roma logo.
  3. Fui à Lisboa de meus avós, pois gosto da Lisboa de meus avós.
  4. Já não agrada ir a Brasília. A gasolina…
  5. Refiro-me à Roma antiga, na qual viveu César.

06. (Unifesp)

Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, as lacunas da tira.

Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, as lacunas da tira.

  1. Por que – à – a – porquê
  2. Porquê – a – a – por que
  3. Por que – à – à – porque
  4. Por quê – à – à – porque
  5. Por quê – a – a – porque

07. (ITA - SP) Analisando as sentenças:

I. A vista disso, devemos tomar sérias medidas.
II. Não fale tal coisa as outras.
III. Dia a dia a empresa foi crescendo.
IV. Não ligo aquilo que me disse.

Podemos deduzir que:

  1. Apenas a sentença III não tem crase.
  2. As sentenças III e IV não têm crase.
  3. Todas as sentenças têm crase.
  4. Nenhuma sentença tem crase.
  5. Apenas a sentença IV não tem crase.

08. (ITA – SP) Dadas as afirmações:

1- Tudo correu as mil maravilhas. 2 – Caminhamos rente a parede. 3 – Ele jamais foi a festas.

Verificamos que o uso do acento indicador da crase no a é obrigatório:

  1. apenas na sentença nº 1.
  2. apenas na sentença nº 2.
  3. apenas nas sentenças nºs 1 e 2.
  4. em todas as sentenças.

09. (ABC) A alternativa em que o acento indicativo de crase não procede é:

  1. Tais informações são iguais às que recebi ontem.
  2. Perdi uma caneta semelhante à sua.
  3. A construção da casa obedece às especificações da Prefeitura.
  4. O remédio devia ser ingerido gota à gota, e não de uma só vez.
  5. Não assistiu a essa operação, mas à de seu irmão.

10. (Espcex) Assinale a alternativa que completa corretamente as lacunas da frase abaixo.

Quando se aproximava ___ tarde, logo depois do almoço, ___ moça largava ___ roupas secando, para, ___ cinco, voltar com o ombro entulhado, ___ casa, direto ___ engoma ___ ferro de carvão.

  1. a – a – às – as – a – à – à
  2. à – à – às – as – à – a – à
  3. a – a – as – às – a – à – à
  4. à – à – as – às – à – a – a
  5. a – a – as – às – a – à – a