Home > Banco de Questões > Biologia > Simulados

Fisiologia II

Lista de 15 exercícios de Biologia com gabarito sobre o tema Fisiologia com questões de Vestibulares.



01. (UPE) As figuras representam tipos de glândulas, conforme o modo de liberação da secreção.

Assinale a alternativa que apresenta CORRETAMENTE as informações sobre as glândulas e suas características

  1. A glândula 1 é do tipo apócrina, como as glândulas sudoríparas.
  2. A glândula sebácea, exemplificada em 1, é exócrina, caracterizada por liberar todo seu conteúdo secretado junto com a célula que o produziu.
  3. A glândula 2 é do tipo merócrina, cuja secreção se desprende junto com toda a célula que a produziu.
  4. A glândula 3 é do tipo holócrina; como exemplo, temos as glândulas de secreção pancreática.
  5. As glândulas 1, 2 e 3 são endócrinas, cuja secreção é lançada na circulação sanguínea.

02. (URCA) O estômago humano produz várias substâncias dentre as quais enzimas para a simplificação do alimento. Contudo, uma substância não é enzima e atua esterilizando e simplificando com eficiência o que comemos. Essa substância é:

  1. Ácido clorídrico
  2. Renina
  3. Protease
  4. Insulina
  5. Bilirrubina

03. (UPE) Observe a figura a seguir:

Faça a CORRETA correlação entre as imagens representadas por algarismos romanos e arábicos com o texto.

  1. Nos mamíferos, o ovócito primário (I), estacionado na metáfase I da meiose, é liberado pelo ovário e entra na parte distal da tuba uterina (1), processo conhecido por ovulação.
  2. A fecundação (II) deve acontecer na porção inferior do oviduto (2), com a produção de uma célulaovo ou zigoto com vitelo, ocupando toda a célula, caracterizando-o como heterolécito.
  3. Durante a fecundação, a mitose do ovócito chega ao final, havendo fusão dos pró-núcleos masculino e feminino, formando o zigoto (III), cuja meiose formará quatro blastômeros (3), caracterizando uma segmentação do tipo epiblástica.
  4. Na mórula (IV), os blastômeros estão fortemente ligados por meio de zonas de oclusão, enquanto atravessam a tuba uterina (4), mas, ao virarem blastocisto (V), as células ficam frouxas para favorecer o seu implante no cérvix uterino (5).
  5. Para que ocorra a implantação do embrião (VI) no útero, processo chamado de nidação, o embrião precisa abandonar o envoltório de glicoproteínas, conhecido por zona pelúcida, e entrar em contato direto com o endométrio(6).

04. (URCA) O Sistema Endócrino é composto por uma variedade de glândulas e hormônios. Os hormônios são substâncias químicas produzidas pelas células e quando secretados no sangue, conseguem mediar funções em outras células e tecidos. Uma das principais glândulas, a hipófise, produz e controla o funcionamento de outras glândulas, através da liberação dos seguintes hormônios: prolactina, gonadotrófico, tireotrófico, adrenocorticotrófico e somatotrófico. Estes hormônios agem, respectivamente nas glândulas/órgãos:

  1. gônadas, suprarrenais, tireoide, glândulas mamárias e ossos
  2. suprarrenais, tireoide, gônadas, tecido muscular e glândulas mamárias
  3. glândulas mamárias; gônadas, tireoide, suprarrenal e ossos
  4. glândulas suprarrenais, tireoide, mamárias, gônadas e ossos.
  5. gônadas, suprarrenais, ossos, gônadas e mamárias

05. (FATEC) Quando analisamos as paredes abertas de um coração humano, observamos que a cavidade cardíaca apresenta septos. São esses septos que dividem o coração em quatro câmaras. Um desses septos, o interventricular, representa um septo sagital que divide a porção inferior do coração em duas câmaras, ou seja, dois ventrículos (direito e esquerdo). No entanto, em alguns casos, crianças podem nascer com um defeito no coração denominado comunicação interventricular, ou seja, uma abertura no septo interventricular, que permite a comunicação entre os dois ventrículos.

A consequência imediata que esse defeito trará para a circulação sanguínea da criança será

  1. o bloqueio das vias respiratórias superiores, impedindo a passagem do ar para a traqueia.
  2. a mistura dos sangues arterial e venoso, prejudicando a oxigenação dos tecidos.
  3. a ausência total da oxigenação do sangue nos alvéolos pulmonares.
  4. o coração não receber mais sangue arterial dos pulmões.
  5. a produção excessiva de muco nas vias respiratórias.

06. (PUC-PR) Leia o trecho abaixo.

Diagnóstico do diabete tipo 1

“O início do diabete tipo 1 ocorre tipicamente durante a infância ou na puberdade, e os sintomas se desenvolvem rapidamente. Pacientes com diabete tipo 1 podem geralmente ser reconhecidos pelo aparecimento abrupto de poliúria (micção frequente), polidipsia (sede excessiva) e polifagia (fome excessiva), frequentemente desencadeados por estresse ou por doença.”

Fonte: (CHAMPE; FERRIER; HARVEY,2009, p.338).

As anormalidades metabólicas do diabete tipo 1 resultam da deficiência de insulina.

Uma consequência em indivíduos diabéticos tipo 1, que não fazem tratamento adequado, é

  1. hipoglicemia plasmática.
  2. aumento da gliconeogênese.
  3. redução da cetoacidose sanguínea.
  4. aumento da glicogênese.
  5. aumento da resistência à insulina.

07. (UFPR) Em relação às trocas gasosas que os animais realizam com o meio externo, identifique como verdadeiras (V) ou falsas (F) as seguintes afirmativas:

( ) Brânquias, pulmões e traqueias são estruturas especializadas para trocas gasosas.

( ) As trocas gasosas podem ocorrer por difusão através da superfície corporal, caracterizando as trocas tegumentares ou cutâneas.

( ) Os túbulos de Malpighi são estruturas que realizam as trocas gasosas nas aves.

( ) O gás carbônico (CO2) e o oxigênio (O2) são gases importantes para as trocas gasosas.

( ) As traqueias são estruturas relacionadas com a respiração em ambientes aquáticos e ocorrem em peixes e anfíbios.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.

  1. V – V – F – V – F.
  2. V – F – F – V – V.
  3. F – V – V – F – V.
  4. F – V – V – V – F.
  5. V – F – F – F – V.

08. (PUC-PR) Considere o fragmento que segue.

O comprometimento da anatomia das vias aéreas respiratórias superiores e o aumento da complacência decorrente da obesidade, associado à diminuição da atividade dos músculos dilatadores das vias respiratórias superiores, promove o fechamento das vias respiratórias durante o sono.

Fonte: STRANG.K; RAFF.H; WIDMAIER.E. Fisiologia Humana. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 2017, p.503.

Isso gera, consequentemente, despertar frequente e ruptura do sono e altera a pressão parcial dos gases presentes no sangue que, nessa situação, desencadeiam:

  1. acidose metabólica por diminuição da pressão parcial de CO2.
  2. alcalose metabólica por aumento da pressão parcial de CO2.
  3. acidose metabólica por aumento da pressão parcial de CO2.
  4. alcalose metabólica por aumento da pressão parcial de CO2 e O2.
  5. acidose metabólica por diminuição da pressão parcial de O2 e de CO2.

09. (FAMERP) A figura ilustra o coração humano.

A sístole indicada pelas setas 1 e 2 está ocorrendo nos

  1. ventrículos, e promove a redução da pressão das artérias aorta e pulmonares.
  2. átrios, e promove o aumento da pressão das artérias aorta e pulmonares.
  3. átrios, e promove o aumento da pressão das veias cavas e pulmonares.
  4. ventrículos, e promove a redução da pressão das artérias cavas e pulmonares.
  5. ventrículos, e promove o aumento da pressão das artérias aorta e pulmonares.

10. (PUC-PR) Observe a imagem abaixo.

Um estímulo sensorial pode desencadear um movimento reflexo na forma de um movimento automático, como é o caso do reflexo patelar.

Sobre a ação elaborada pelo sistema nervoso em situações de movimentos reflexos e sua fisiologia, é CORRETO afirmar que

  1. o circuito percorrido durante um ato reflexo chama-se arco reflexo, o qual é comandado pela substância cinzenta da medula espinhal ou do bulbo.
  2. as sinapses neuromotoras que ocorrem durante os atos reflexos, nos vertebrados, são predominantemente elétricas.
  3. a informação neuronal percorrida nesses circuitos se propaga na forma de potenciais de ação, nos quais os neurônios se encontram polarizados.
  4. a bainha de mielina presente nos neurônios tem a função de proteger contra a excitação dos neurônios adjacentes, isolando-os lateralmente .
  5. os atos reflexos são respostas involuntárias mediadas por nervos cranianos, os quais partem da massa cinzenta do cérebro.

11. (UFRGS) Assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as afirmações abaixo, sobre características dos ciclos ovariano e uterino nos seres humanos.

( ) O primeiro dia da menstruação corresponde ao início de um novo ciclo reprodutivo e está associado à queda nos níveis de estrógeno e progesterona no sangue.

( ) A cada novo ciclo, nas mulheres em idade reprodutiva, várias ovogônias são hormonalmente induzidas a iniciarem seu ciclo meiótico.

( ) O corpo lúteo ou corpo amarelo que se forma no ovário, após a ovulação, secreta progesterona que estimula o endométrio a entrar em sua fase secretória.

( ) A queda definitiva dos hormônios no sangue, na menopausa, induz ao término do ciclo menstrual, e os ovócitos residuais permanecem em metáfase II.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é

  1. V – V – F – F.
  2. F – F – F – V.
  3. V – F – V – F.
  4. V – V – F – V.
  5. F – V – V – F.

12. (PUC-PR) Leia o texto a seguir.

Hematologia Forense

Um dos vestígios mais proeminentes em locais de crime, especialmente àqueles relacionados aos crimes contra a vida, é, sem dúvida alguma, o sangue. Por meio de sua análise é possível não apenas atinar quem esteve ali, mas também ponderar sobre a dinâmica dos eventos que naquele sítio se sucederam. A compreensão da análise sanguínea, sua interpretação e repercussão na esfera jurídica constituem o arcabouço de estudo da hematologia forense.

Fonte: FILHO e FRANCEZ, 2016, p.09.

Suponha que em um galinheiro foram encontradas várias marcas de sangue ainda líquido, mas nenhum corpo humano foi encontrado. Pelas informações recebidas dos peritos que estiveram no local, existe a hipótese de que um crime contra um fazendeiro aconteceu naquele local.

Para descartar que aquelas manchas de sangue não são de mamíferos, como humanos, mas se tratam de sangue de aves, bastaria, em uma simples análise hematológica,

  1. encontrar membrana plasmática nas hemácias.
  2. encontrar hemácias anucleadas.
  3. encontrar hemoglobina nas hemácias.
  4. encontrar hialoplasma nas hemácias.
  5. encontrar hemácias nucleadas.

13. (Mackenzie) O sistema ambulacrário e outros sistemas do ouriço-do-mar estão representados na figura abaixo.

É correto afirmar que

  1. o sistema ambulacrário está relacionado à digestão, respiração, excreção e locomoção.
  2. o sistema ambulacrário compreende as estruturas assinaladas pelos números 2, 3, 5, 7, 11 e 12.
  3. a locomoção do ouriço-do-mar é promovida pelos pés ambulacrais representados na estrutura nº 3.
  4. a água do mar entra pela boca (7), circula pelo canal pétreo (4), canal circular (12), canais radiais (11) e pés ambulacrais (3).
  5. o sistema ambulacrário é exclusivo dos animais enterocelomados e deuterostômios.

14. (UERJ) A simetria também é observada na estrutura corporal dos animais, influenciando, por exemplo, a distribuição interna dos órgãos.

Uma característica associada à simetria bilateral, presente em todos os animais com esse padrão corporal, é:

  1. grande cefalização
  2. organização metamérica
  3. sistema circulatório aberto
  4. sistema digestório incompleto

15. (ETEC) Um professor de Biologia explicou aos seus alunos que após a mastigação, o alimento é engolido e passa para a faringe e, depois, para o esôfago. Nesse momento, uma pequena estrutura de cartilagem que funciona como uma “válvula” recebe estímulo nervoso para obstruir a entrada da laringe e impedir que o alimento siga pelo sistema respiratório. Quando ocorre um descontrole dos reflexos que fecham a laringe, nós engasgamos, mas um novo reflexo provoca tosse e ajuda a desobstruir o sistema respiratório.

O nome da estrutura de cartilagem descrita pelo professor é

  1. epiglote.
  2. cárdia.
  3. piloro.
  4. glote.
  5. ceco.

16. (UDESC) Em relação aos tipos de reprodução assexuada existentes nos seres vivos, assinale a alternativa incorreta.

  1. Reprodução por partenogênese ocorre quando há troca de gametas entre indivíduos de uma mesma espécie, reproduzindo um novo ser vivo.
  2. Reprodução por brotamento ocorre quando há formação de brotos em várias aéreas do corpo. Cada broto forma um novo ser vivo.
  3. Reprodução por fragmentação ocorre quando partes de um ser vivo se soltam e originam novos seres vivos.
  4. Reprodução por bipartição ocorre quando uma célula se divide em duas ou mais células.
  5. Reprodução por esporulação ocorre pela liberação de célula especializada conhecida como esporo.

17. (FUVEST) O botulismo provocou a morte de 1,1 mil cabeças de gado, no último mês de agosto, numa fazenda em Mato Grosso do Sul. A suspeita clínica inicial foi confirmada pelo exame das amostras de grãos úmidos de milho fornecidos aos animais, demonstrando a presença da toxina botulínica, que é produzida pela bactéria Clostridium botulinum.

Considerando que a toxina botulínica bloqueia a transmissão neuromuscular, a morte dos animais deve ter sido decorrente de

  1. infecção generalizada.
  2. hemorragia interna.
  3. desidratação provocada por diarreia.
  4. acidente vascular cerebral.
  5. parada respiratória

18. (UFPR) O metabolismo celular dos animais gera substâncias nitrogenadas que são eliminadas pelo processo de excreção. Acerca desse processo, considere as seguintes afirmativas:

1. A amônia é tóxica para o organismo, mas, por ser bastante solúvel em água, é rapidamente difundida e eliminada por animais que vivem em ambiente aquático.

2. Nas aves, a amônia é convertida em ureia, que é menos tóxica que a amônia e demanda um volume relativamente grande de água para sua eliminação.

3. Insetos convertem amônia em ácido úrico, produzindo uma urina mais concentrada, pois o ácido úrico é pouco tóxico e tem baixa solubilidade em água.

4. Mamíferos excretam principalmente ureia, que, por ser menos tóxica, pode ser armazenada temporariamente no corpo sem risco de intoxicação.

Assinale a alternativa correta.

  1. Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras.
  2. Somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras.
  3. Somente as afirmativas 2 e 4 são verdadeiras.
  4. Somente as afirmativas 1, 3 e 4 são verdadeiras.
  5. As afirmativas 1, 2, 3 e 4 são verdadeiras.

19. (UEFS) Os métodos contraceptivos são classificados em naturais ou tecnológicos. Uma mulher consultou seu médico e optou por usar um contraceptivo tecnológico não hormonal que dificulta a fecundação do óvulo e a implantação do embrião no endométrio. O método escolhido pela mulher foi o

  1. preservativo feminino.
  2. DIU de cobre.
  3. diafragma.
  4. anel vaginal.
  5. espermicida

20. (UFPR) Considerando a fotossíntese e a respiração celular aeróbica, identifique como verdadeiras (V) ou falsas (F) as seguintes afirmativas:

( ) Quando a taxa de fotossíntese é maior que a taxa de respiração celular, há maior disponibilidade de carboidratos para a planta.

( ) Em plantas, a taxa de fotossíntese é sempre superior à taxa de respiração celular aeróbica.

( ) As taxas de fotossíntese e de respiração celular podem se equivaler, de modo que todo o gás carbônico produzido na respiração é utilizado na fotossíntese.

( ) A fotossíntese produz carboidratos, que são utilizados na respiração celular, e a respiração celular transforma os carboidratos em dióxido de carbono, que é utilizado na fotossíntese.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.

  1. F – V – V – F.
  2. V – F – V – V.
  3. V – V – F – V.
  4. F – F – F – V.
  5. V – F – F – F.





.