Home > Blog da Agatha > Guia de estudos >

8 Erros que um estudante não pode cometer


Atualizada em 15 de Janeiro, 2020

Existem erros que podem ser fatais, e ser decisivos no processo de conseguir uma vaga na faculdade, e hoje vamos te mostrar 8 desses erros que um estudante não pode cometer, e que devem ser abolidos da sua vida.

Erros que um estudante não pode cometer

1. Não dar tempo ao tempo

Algo muito comum com estudantes é pensar que precisa aprender tudo de primeira, onde ao ler um texto, e não entender o conteúdo ou ao errar algumas questões, o estudante criar uma ideia que é incapaz de aprender aquilo.

Esse tipo de ação é um tanto bizarra se formos pensar de maneira racional, e se você já pensou isso, então deves abolir esse tipo de pensamento da sua vida, porque cada pessoa tem o seu tempo para aprender algo, e sempre existe formas de aprender um conteúdo, e podes está estudando errado.

Prováveis soluções.

  1. Fazer o escaneamento antes de ler o texto.
  2. Ler o texto em voz alta
  3. Ler ou ver as videoaulas em blocos, e se explicar aquele conteúdo.
  4. Ler ou fazer exercícios e revisões antes de dormir, e depois de acordar para fixar melhor o matéria.

2. Não ter metas ou planejamento

Planejamento é tudo, tem cronograma de estudos e um plano semanal é o mais básico para começar se organizar. Definir pequenas metas são essenciais para se manter incentivado a conseguir estudar durante todo o período.

1. Cronogramas em pdf no google drive

2. Cronogramas online

3. 3 planos de estudos semanal para quem trabalha

4. 3 planos de estudos semanal para quem estuda

5. 3 planos de estudos semanal para quem trabalha

3. Se comparar aos outros

Se fosse um rank, se comparar aos outros seria a primeira posição dos maiores erros cometidos por um estudante (obviamente isso não se aplica apenas a esse grupo).

Nós devemos entender que somos seres individuais, e que o nosso conhecimento ou a facilidade para aprender algo vem de várias experiências, tanto o ambiente em que vivemos, como questões empíricas, ou até mesmo genética.

Algo muito comum é a pessoa dizer que não tem capacidade de aprender matemática, por exemplo, só que apenas esse pensamento já cria um bloqueio mental que vai apenas dificultar as coisas.

Prováveis soluções.

  1. Buscar estudar o conteúdo da base.
  2. Pesquisar sobre como aprender aquela matéria.
  3. Não querer aprender tudo de uma vez, estude em blocos.
  4. Procurar criar uma maior relação com aquela disciplina que tens mais dificuldades, por exemplo, estudar a
  5. história da matemática (principalmente se for de humanas).
  6. Ver explicações e experiências da química e física.

4. Só assistir a videoaula ou só ler

Esse é um erro bem comum desde que não esteja assistindo antes de dormir, porque fora isso, só assistir a videoaulas não vai agregar muito, além disso ler não é estudar. Estudar é um processo bem mais amplo, além disso nós absorvemos pouco conteúdo do que lemos.

Prováveis soluções.

  1. Estudar em blocos, e se explicar os que o professor falou, ou o que foi lido. Anota o resumo.
  2. Fazer alguns exercícios.
  3. Fazer a revisão daquele conteúdo.

5. Procurar chifre em cabeça de cavalo

Essa expressão se refere às pessoas que procuram um problema em tudo, além de muitas vezes jogar essa culpa em outras pessoas.

Aqui nós temos dois pontos importantes.

Não devemos focar nos problemas que passamos, devemos entender como busca uma solução. Em outras postagens eu já falei sobre coisas relacionada, porém aqui vai algumas soluções.

Se tem muito barulho em casa, compre um protetor auricular de silicone, ele custa menos de 4 reais, e dura por anos.

Se não tem livros, peça em uma escola pública. Já cheguei a ter pilhas de livros de descarte ou doação da escola.

Se não conseguir assistir as videoaulas do YouTube porque não tem internet:

1. Você usar um aplicativo como o TubeMate para baixar em uma rede wi-fi.

2. Pedir um colega para baixar.

3. Fazer como faço devido não querer pagar um fortuna de internet, onde pego um plano da Tim como o Facebook ilimitado - isso não é uma propaganda - que custa 10 reais, e você tem 15GB de internet, claro que nem tudo são flores por causa que a franquia é das 00:00 as 8 da manhã (isso mesmo, baixar as videoaulas de madrugada), porém para quem não tem grana pode ser uma boa.

Não colocar a culpa nos outros

Colocar a culpa na escola, professores, familiares, ou outra pessoa que você depende também é muito comum, e mesmo estando certos ou não, na maioria das vezes não existe outras possibilidades, e isso não resolve os nosso problemas, logo devemos assumir as responsabilidade, caso não, você continua estagnado.

6. Passar horas fazendo mapas mentais ou resumos

Sempre estou conversando ou auxiliando o pessoal que está estudando, e sempre escuto reclamações sobre perder muito tempo com mapas mentais ou resumos, aqui é um problema claro de produtividade, e que muitas vezes mesmo sabendo disso, a pessoa continua nesse ciclo, que por vezes pode fazer mais um estudante desistir por não conseguir estudar, e por conseguinte não aprender o suficiente.

Prováveis soluções

  1. Fazer mapas mais simples.
  2. Usar um pronto.
  3. Entender o que realmente é importante através de vídeos ou outro resumos para não anotar metade do livro pensando que está fazendo um resumo.
  4. Criar perguntas sobre os principais temas, e responder.

7. Não revisar o conteúdo estudado

No nosso post como não esquecer o que foi estudado, eu falo sobre a curva do esquecimento que vem de uma pesquisa realizada pelo psicólogo alemão Hermann Ebbinghaus, nela o padrão correto de revisões é: 1, 7, 15, 30 dias após o estudo.

Prováveis soluções.

  1. Usar excel, agenda, Trello ou o Revisapp para organizar as suas revisões.
  2. Outra dica interessante que vi no grupo do whatsapp foi o uso de uma pasta para controlar as revisões.


8. Não fazer exercícios após estudar

É muito comum a prática de realizar exercícios em um dia da semana ou nos fins da mesma, porém essa prática é bem ruim, pois o assunto não está tão fresco na cabeça, e você perdeu a chance de fixar esse conteúdo.

Prováveis soluções.

  1. Fazer pelos menos 5 exercícios (se tem o dia muito corrido).
  2. Se realiza as atividades de casa, então divida as questões em pequenos blocos ao longo do dia.
.